Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Cohab-LD participou de encerramento do Diálogo sobre Eficiência Energética
Início do conteúdo da página

Cohab-LD participou de encerramento do Diálogo sobre Eficiência Energética

  • Publicado: Sexta, 12 de Novembro de 2021, 18h51
  • Acessos: 55

Entre outros assuntos, evento abordou os projetos vencedores do concurso “Habitação de Interesse Sustentável”, que implantará um empreendimento habitacional inovador em Londrina

  Ulisses Sawczuk 12 de novembro de 2021 0 1 minuto de leitura

WhatsApp Image 2021 11 11 at 18.54.24

Na última quinta-feira (11), o presidente da Companhia de Habitação de Londrina (Cohab-LD), Luiz Cândido de Oliveira, participou do evento virtual de encerramento do Diálogo sobre Eficiência Energética (DEE). Organizado pela Secretaria Nacional de Habitação do Ministério do Desenvolvimento Regional (SNH/MDR), o encontro enfocou, entre outros assuntos, os projetos vencedores do concurso “Eficiência Energética para o Desenvolvimento Urbano Sustentável: Foco Habitação Social” (EEDUS). Promovida em parceria entre o MDR e a Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ), essa iniciativa selecionou três municípios para receberem empreendimentos habitacionais sustentáveis. Londrina foi a primeira colocada na seleção, seguida por Campo Grande (MS) e Olinda (PE).

A reunião contou com a presença dos arquitetos que elaboraram os projetos vencedores, Ricardson Ferreira Ricardo (Síntese Arquitetura); Paula Vilela e Souza (Filmes de Bolso Produções); e Luís Eduardo Loiola De Menezes (Mira Arquitetos). Além disso, também participaram representantes da Agência Alemã de Cooperação Internacional, professores-doutores e especialistas que integraram as edições anteriores do DEE. O público, que teve a oportunidade de interagir por meio de questões e comentários, acompanhou o evento por meio do Youtube e da plataforma on-line da Associação Brasileira de Cohabs (ABC).

O presidente da Cohab-LD, Luiz Cândido de Oliveira, ficou muito satisfeito com o debate e frisou que o próximo passo é a concretização dos empreendimentos habitacionais. “Queremos que esse momento se torne um marco histórico em nosso país, para a habitação de interesse social. O objetivo é possibilitar moradias mais confortáveis e dignas para as famílias brasileiras vulneráveis”, disse.

O arquiteto que desenvolveu o projeto vencedor do concurso “Habitação de Interesse Sustentável”, Ricardson Ferreira, ressaltou a evolução técnica experimentada pelo setor. “Quando iniciamos os projetos,  já havia um bom caminho percorrido com a produção de material técnico a respeito da eficiência energética e das zonas bioclimáticas. Isso nos ajudou bastante na construção e elaboração das proposta para o concurso. O legado que fica, a partir desse momento, é repensar a maneira como fazemos, construímos e preparamos a cidade para o futuro”, afirmou.

Atividades – A atual edição do DEE teve início em 2019, mas foi interrompida em 2020, devido à pandemia de Covid-19. A programação foi retomada no fim do ano passado, adaptada para o formato virtual. As atividades incluem diversas palestras, debates e cursos, que abordam temas relacionados à arquitetura sustentável, industrialização, tecnologias e produtos eficientes, direcionados para as características específicas das oito zonas bioclimáticas brasileiras.

O objetivo da iniciativa é melhorar a qualidade dos empreendimentos de habitação social do Brasil, com foco no equilíbrio entre a regionalização e a industrialização, a adaptabilidade, padronização e o fortalecimento dos mercados regionais. Além disso, são incentivadas práticas que levam em consideração a diversificação e aplicabilidade dos projetos, a sustentabilidade e a eficiência energética. Por isso, a cooperação bilateral entre Brasil e Alemanha engloba construções que possibilitam o conforto ambiental ao usuário, com baixo consumo de energia.

registrado em:
Fim do conteúdo da página