Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Emoção na entrega de casas
Início do conteúdo da página

Emoção na entrega de casas

Mães se confraternizam ao receber as chaves. Kireeff parabeniza as famílias que “souberam esperar” e Hoffmann recomenda combate aos que jogam lixo no bairro.
  • Escrito por N.Com
  • Publicado: Sexta, 04 de Abril de 2014, 08h28
  • Acessos: 767

Casa. Lugar onde moramos, endereço, referência, aconchego, abrigo, luz. Lar! Não foi por acaso que os olhos daquelas mães brilhavam na tarde de quinta-feira, na Cohab de Londrina, quando da entrega das casas às famílias beneficiadas do Jardim Abussafe. O que estava programado para ser um ato simples, virou festa barulhenta, com muitos abraços. As chaves foram entregues pelo prefeito Kireeff, pelo superintendente da Caixa Econômica Federal, Elcio de Lara; o presidente da Cohab, José Roberto Hoffmann, e o secretário de Obras, Sandro de Nóbrega. “Parece que estou recebendo a chave para toda felicidade do mundo”, exclamou Valdelice Auta de Morais, uma das que mais lutaram junto ao Executivo para a realização do projeto. Outra contemplada, Maria Cristina Severino, recebeu “o maior presente” de sua vida; estava com os dois filhos, o pequeno Carlos Roberto, de dois anos e Maria Júlia, de quatro. Nanci dos Santos Pereira pagava R$ 600,00 de aluguel, dinheiro da pensão que recebe do marido. Com cerca de R$ 500,00 que recebe trabalhando numa escola, ela sustenta a família, quatro filhos, o mais velho tem 13 anos.

Foto do evento de entrega das chavesBom exemplo

O prefeito Alexandre Kireeff agradeceu e elogiou as famílias contempladas. “Vocês souberam esperar e deram uma lição de cidadania, além de colaborar com a prefeitura”, disse. Em rápidas palavras o prefeito falou do empenho da sua gestão nas questões sociais e de moradias e destacou a parceria com a Caixa Econômica Federal, financiadora dos projetos habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida.

Foto do evento de entrega das chavesRazões para comemorar

Muitas das famílias beneficiadas com o Residencial Abussafe, estão em situação de vulnerabilidade social e todas estão saindo de uma opressão que são os custos do aluguel. Segundo a assistente social Edna Braun  essas famílias dependem de benefícios sociais da prefeitura, como o Cupom de Transferência de Renda, ou do Governo Federal, como o Bolsa Família. Entre os contemplados do Residencial Abussafe, está um chefe de família que ficou tetraplégico, em acidente com moto quando estava trabalhando. Todas as famílias estão na faixa1 do Programa Minha Casa Minha Vida, com renda de até R$1.600,00, mas poucas chegam neste nível.

As casas têm 40,86 metros quadrados, com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. São construídas em terrenos de 125 m² as do meio da quadra e 207 m² as de esquina.

“Cuidem bem”

O presidente da Cohab, José Roberto Hoffmann, ao desejar felicidades aos moradores recomendou que cuidassem bem de suas casas e do bairro. “Dias atrás, limpamos tudo lá, removemos montes de lixo e, no dia seguinte, voltaram a jogar lixo no local. Não deixem que isso aconteça".

registrado em:
Assunto(s): cemitérios , adequações
Fim do conteúdo da página