Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Tecnocentro de Londrina é inaugurado no Parque Francisco Sciarra
Início do conteúdo da página

Tecnocentro de Londrina é inaugurado no Parque Francisco Sciarra

  • Publicado: Sexta, 27 de Maio de 2022, 16h48
  • Acessos: 199

Local promete ser o edifício sede do empreendedorismo, nas áreas de tecnologia e inovação, proporcionando mais desenvolvimento econômico e social para a cidade

 Dayane Albuquerque  26 de maio de 2022 0 3 minutos de leitura


Em momento histórico, após mais de 20 ano de espera, o Tecnocentro de Londrina foi inaugurado na manhã desta quinta-feira (26), no Parque Tecnológico Francisco Sciarra, que sedia o espaço. O local foi entregue pela Prefeitura de Londrina em parceria com o Governo do Estado do Paraná e promete ser o edifício sede do empreendedorismo, nas áreas de tecnologia e inovação. Também passa a ser sede da Companhia de Tecnologia e Desenvolvimento (CTD), proprietária do imóvel, que fará a gestão do espaço junto com o Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel).

Foto: Vivian Honorato / NCom
A estrutura do Tecnocentro foi montada para ser sede do Ecossistema de Inovação de Londrina, abrigando aceleradoras, empresas, startups e profissionais liberais, atuantes nos campos de tecnologia e inovação, em modelo de coworking (espaço compartilhado). Também pretende sediar eventos do ecossistema da cidade como os hackathons, que são os eventos que propõem a inovação por meio de uma disputa positiva de ideias e de ações entre os envolvidos em prol da organização.

Foto: Vivian Honorato / NCom
O Tecnocentro tem pavimento térreo – que conta com estrutura para laboratório, empresas, recepção, auditório, escritórios, anfiteatro, sanitários, salas de reunião, cozinha e copa, arquivo e administração – e pavimento superior, que possui laboratório, sala de reuniões, recepção, áreas destinadas para empresas e sanitários. Também possui área externa, com estacionamento, áreas técnicas para equipamentos e guarita. A área total é de 3.150 m².

A construção do local teve início em 2002, mas sofreu diversas interrupções. Em 2019, na administração do prefeito Marcelo Belinati, as obras foram retomadas, com a liberação de R$ 2.968.915,71 do Governo do Estado, via Secretaria do Desenvolvimento e de Obras Públicas (SEDU).

Com isso, a partir de 2019, o município de Londrina executou toda a estrutura do laboratório, o pavimento superior, o anfiteatro, a parte elétrica, reforma do transformador, inserção de refrigeração, piso e iluminação. A Prefeitura investiu mais R$ 932.196,65 em recursos municipais, para a inserção de aparelhos de ar-condicionado no local. A conclusão das obras ocorreu em setembro de 2021 e as instalações do sistema de refrigeração aconteceu no primeiro trimestre de 2022.

Foto: Vivian Honorato / NCom
O prefeito Marcelo Belinati ressaltou que o local possibilitará fomentar, ainda mais, as áreas de tecnologia e inovação de Londrina. “Nosso município é referência nacional e internacional nestes setores. Para se ter uma ideia da importância destas áreas, 10% do Produto Interno Bruno (PIB), ou seja, de tudo que é produzido em Londrina, advém das empresas de tecnologia e inovação. Por isso, estamos fazendo um trabalho em conjunto, entre o poder público, Prefeitura e governo do Estado, com entidades, instituições, organizações não governamentais e governamentais, e empresas, para alavancarmos, ainda mais, este segmento em nossa cidade”, apontou.

Foto: Vivian Honorato / NCom
O secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, Augustinho Zucchi, que esteve presente na inauguração representando o governador Carlos Massa Ratinho Junior, disse que a entrega do espaço traz um sentimento de esperança e de realização, devido à importância da obra e do setor de tecnologia e inovação. “Parabenizo o prefeito Marcelo Belinati e todos que colaboraram para que isso se tornasse realidade. O governador Ratinho Junior tem, como lema, Paraná um Estado Inovador, por isso fez florescer 18 parques tecnológicos em nosso estado. Ele também executou muitas atitudes práticas para que este setor pudesse se desenvolver, gerar emprego e renda, para que possamos ter um futuro melhor. E Londrina terá um grande parque tecnológico, de referência para o Paraná e para o Brasil”, afirmou.

Foto: Vivian Honorato / NCom
O presidente da Codel, Bruno Ubiratan, explicou que o município vai firmar um convênio com uma Organização Social (OS) que irá fazer a gestão estratégica do centro, para atrair novos investimentos, aceleradoras e startups, junto com a Codel e a CTD. “O local já está totalmente preparado para receber as empresas, já estamos conversamos com algumas que têm interesse em se estruturar no Tecnocentro, e em breve teremos novos negócios nas áreas de tecnologia e inovação em nosso município”, contou.

Foto: Vivian Honorato / NCom
O presidente da CTD, Luciano Kühl, informou que já existe um planejamento, feito pela Fundação CERTI, de Florianópolis, para a estruturação das empresas no local. “A entrega do Tecnocentro representa um momento histórico para Londrina e para o Paraná, pois hoje inicia-se um grande espaço de inovação e de tecnologia, que vai congregar todo o Ecossistema de Inovação de Londrina. Queremos atrair inovações para a cidade e este local será um grande laboratório para isso”, frisou.

Dezenas de entidades, organizações e lideranças prestigiaram a inauguração do Tecnocentro de Londrina. Entre os presentes na solenidade estiveram o vice-prefeito, João Mendonça; a deputada federal, Luísa Canziani; o deputado estadual, Tiago Amaral; o reitor da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Sérgio Carvalho; os vereadores Matheus Thum, Mara Boca Aberta, Professora Flávia Cabral, Eduardo Tominaga, Jairo Tamura e Giovani Mattos; o presidente do Arranjo Produtivo Local de Tecnologia da Informação e Comunicação (APL de TIC), Thiago Zampieri; além de diversas governanças de Londrina.
registrado em:
Fim do conteúdo da página