Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Prefeitura premia os 14 finalistas do Iº Concurso TCC em Ação
Início do conteúdo da página

Prefeitura premia os 14 finalistas do Iº Concurso TCC em Ação

  • Publicado: Terça, 29 de Março de 2022, 11h52
  • Acessos: 138

Novo edital deve ser divulgado em breve, com abertura de inscrições; evento reuniu graduandos, professores e autoridades locais

  Juliana Gonçalves 28 de março de 2022 0 4 minutos de leitura


Catorze trabalhos de conclusão de cursos de graduação foram premiados na tarde desta segunda-feira (28), durante o evento que encerrou a primeira edição do Concurso TCC em Ação “Ideias Inovadoras e Soluções Impactantes”. A solenidade, realizada no auditório da Prefeitura de Londrina, reuniu os alunos autores dos trabalhos e seus orientadores. Eles foram recebidos e parabenizados pelo prefeito Marcelo Belinati, o secretário municipal de Governo, Alex Canziani, e demais autoridades.

Foto: Emerson Dias
O Concurso TCC em Ação é uma iniciativa da Prefeitura de Londrina, conduzida pela Secretaria Municipal de Governo. Seu objetivo era avaliar e selecionar as melhores propostas acadêmicas para comporem um banco de ideias e projetos a serem aplicados na esfera municipal pelo poder público. A expectativa é que em breve seja divulgado o edital da segunda edição, com novas inscrições.

Dos 52 trabalhos que realizaram a inscrição, foram premiados os três mais bem classificados dentre as categorias Esporte, Cultura e Lazer; Habitação; Infraestrutura; Meio Ambiente; População Vulnerável; Saúde; Segurança; Trânsito e Urbanização; Turismo e Desenvolvimento. Foram produzidos no decorrer de 2021 por sete graduandos da Universidade Estadual de Londrina (UEL) e sete do Centro Universitário Filadélfia (Unifil), nos cursos de graduação em Arquitetura e Urbanismo, Serviço Social, Design de Moda e Engenharia Civil.

Foto: Emerson Dias
A lista de classificação final dos trabalhos, indicando seus autores e orientandos, está disponível no Portal da Prefeitura, na página da Secretaria Municipal de Governo. Segundo o prefeito Marcelo Belinati, a Prefeitura tem o objetivo de avaliar as propostas e, se possível, executá-las na cidade. “No serviço público, temos que olhar a cidade como um todo. A gente tem que pensar no planejamento urbano e no meio ambiente, saber onde queremos chegar, como desburocratizar para atrair empresas, indústrias e gerar renda. Temos que pensar no social, ter um olhar carinhoso e sensível para entender a necessidade de cada um. É um conjunto de coisas, e esse resultado mostra a riqueza de Londrina. Cabeças pensantes, pessoas nas universidades e instituições. Não tenham dúvida, que esses trabalhos que hoje estamos premiando, muitos deles se transformarão em políticas públicas a serem implementadas pela Prefeitura”, disse.

Marcelo lembrou que, no início de seu primeiro mandato como prefeito, fez questão de aproximar o Município das instituições de ensino superior, para construir uma administração mais eficiente e ágil. “Sou muito grato a todos os atores que, nos últimos anos, ajudaram a cidade de Londrina. Os servidores públicos, que vestiram a camisa, e nossas universidades. Hoje, Londrina vive um grande momento, e a cada dia temos uma boa notícia. Mas ainda há muito o que se fazer, porque a cidade é um organismo vivo, e para isso contamos com vocês e com as nossas instituições de ensino”, frisou.

Foto: Emerson Dias
O secretário municipal de Governo, Alex Canziani, foi o idealizador do TCC em Ação e contou como a ideia surgiu, baseada em uma conversa com o ex-prefeito de Maringá, Silvio Barros. “Ele dizia que os empresários de Maringá estavam propondo que os alunos desenvolvessem projetos que solucionassem os problemas de lá. Nisso pensei em fazermos o mesmo aqui na Prefeitura de Londrina, com os desafios e demandas que temos, estimulando professores e alunos a pesquisarem as soluções que a cidade precisa. Foi daí que surgiu a ideia de lançarmos esse concurso”, explicou.

Canziani adiantou que o novo edital já está em trâmites e deve ser publicado em breve, abrindo a oportunidade aos alunos de Ensino Superior que poderão participar dessa edição. “Nesta tarde, temos o privilégio de reconhecer o esforço de cada um de vocês. Agora, estamos na iminência de lançar o novo edital, e não temos a menor dúvida de que teremos uma participação muito maior. Com a volta das atividades presenciais e as pessoas vendo como foi a primeira edição, esperamos ainda mais inscritos e que isso se torne uma prática efetiva. É preciso aproximar mais as universidades da sociedade, e é com alegria que fazemos essa premiação, para reconhecer a dedicação e empenho que vocês tiveram em busca de soluções para o Município”, acrescentou.

Foto: Emerson Dias
Uma das secretarias e órgãos municipais que apontou algumas demandas para o TCC em Ação foi a Companhia de Habitação de Londrina (Cohab-LD). O presidente da pasta, Luiz Cândido de Oliveira, parabenizou os graduandos premiados e reforçou a importância de aproximar o Município das instituições de ensino superior. “O que nós, gestores, esperávamos era a contribuição acadêmica para a solução de dificuldades e propostas que enfrentamos no dia a dia. Melhorias que possam levar às famílias que precisam a inserção na sociedade, qualidade de vida, em um resgate de cidadania. Dessa forma, vamos construir uma Londrina melhor, mas isso não se faz sozinho. A cidade é feita pela comunidade, e todos nós fazemos parte da comunidade. Fico feliz de estar aqui, participando desse momento, entregando a premiação que vocês merecem. Que possa haver essa sinergia e possamos colher frutos para Londrina e toda sociedade, em geral”, complementou.

Foto: Emerson Dias
Participando da premiação, o vice-reitor da UEL, Décio Sabbatini, parabenizou os estudantes e a administração do prefeito Marcelo Belinati. “É fundamental que essa iniciativa continue. Foi uma semente plantada no solo fértil da administração da nossa cidade. É impressionante a visão progressista que temos na gestão do Marcelo e em toda sua equipe. A UEL nunca teve uma parceria tão estreita com a Prefeitura, como agora, e isso é fundamental. Todas as instituições de ensino superior foram chamadas para participar, porque temos talentos em todas elas, sejam públicas ou particulares”, afirmou.

Foto: Emerson Dias
Falando aos autores dos TCCs, o vice-prefeito João Mendonça também enfatizou que o poder público deve investir e aproveitar os talentos que a academia dispõe, em prol de uma cidade cada vez melhor. “E nós, londrinenses, precisamos seguir com essa união. Vocês são uma geração impactante, que vai dar o retorno à sociedade com o que produz nas universidades. Londrina não pode deixar essa cultura de desenvolvimento parar, é preciso dar sequência, tornar isso um padrão e aprimorá-lo. E são vocês, jovens, quem têm essa incumbência, de investir em vocês mesmos e na própria cidade”, comentou.

Todos os graduandos e orientadores presentes receberam um certificado de Menção Honrosa. A premiação contou ainda com a presença da vereadora Professora Flávia Cabral; o secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, Régis Choucino; servidores membros das comissões de avaliação dos projetos, entre outros.
registrado em:
Fim do conteúdo da página