Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Prefeitura conclui entrega de 331 lotes urbanizados do Residencial Jequitibá
Início do conteúdo da página

Prefeitura conclui entrega de 331 lotes urbanizados do Residencial Jequitibá

  • Publicado: Sexta, 01 de Abril de 2022, 17h54
  • Acessos: 346

Centenas de famílias já estão habilitadas a construir suas moradias no novo bairro criado na região norte de Londrina; última entrega de termos de ocupação contemplou 131 pessoas

 Renan Oliveira  31 de março de 2022 0 2 minutos de leitura


A Prefeitura de Londrina, por meio da Companhia de Habitação de Londrina (Cohab-LD), finalizou a fase de entrega dos lotes urbanizados do Residencial Jequitibá, novo bairro da região norte que comportará 331 unidades habitacionais para famílias em vulnerabilidade social. Ontem (30), a Cohab-LD entregou oficialmente os últimos 131 Termos de Ocupação Provisória lotes remanescentes do empreendimento, em evento realizado na sede da entidade social Centro Esperança por Amor Social (Cepas).

O presidente da Cohab-LD, Luiz Cândido de Oliveira, e sua equipe técnica e social, participaram da entrega às famílias, momento que também contou com a presença do presidente do Conselho Municipal de Habitação de Londrina, Charles Freitas, e da vereadora Mara Boca Aberta.

Dotado de infraestrutura urbana completa, o Residencial Jequitibá foi construído do “zero” pela Prefeitura na abrangência do Jardim São Jorge, Residencial Horizonte II e do assentamento Aparecidinha/Bom Jesus, na área norte. O investimento total foi de mais de R$ 5 milhões, com recursos próprios da Cohab-LD.

Em um terreno com quase 115 mil m² de área, o bairro possui redes de drenagem, esgoto e água, asfalto, iluminação pública e acessibilidade, proporcionando ambiente adequado para a instalação de casa própria em espaço com conforto, qualidade de vida e segurança.

Foto: Gustavo Tacaki / Cohab-LD
Para o presidente da Cohab-LD, Luiz Cândido de Oliveira, o êxito na construção do empreendimento e na entrega dos 331 lotes é uma grande conquista para centenas de famílias que passarão a residir neste novo bairro. “Estamos muito empolgados e comemorando os resultados obtidos até agora. Já existem famílias que iniciaram as obras de suas novas moradias, e a Cohab-LD tem prestado suporte e acompanhamento com assistência técnica a essas pessoas. Para isso, há engenheiros e arquitetos aptos a orientá-las, o que inclui o fornecimento do projeto para que as residências sejam construídas em conformidade com a legislação municipal”, ressaltou.

Ainda segundo Oliveira, a cidade ganha mais um bairro que possibilita, além das moradias regularizadas em endereço oficial, o resgate da dignidade e cidadania de cada pessoa beneficiada pelo Programa de Lotes Urbanizados. “O Residencial Jequitibá é o primeiro loteamento implantado pela Prefeitura neste modelo de lotes urbanizados para famílias em vulnerabilidade. Grande parte do público atendido vive hoje em áreas sem condições adequadas de serem habitadas, muitas vezes em moradias improvisadas, insalubres e sem nenhuma garantia de posse. Portanto, foi uma imensa satisfação compartilhar com tantas famílias a felicidade proporcionada neste momento de entrega dos termos de ocupação”, acrescentou.

Foto: Gustavo Tacaki / Cohab-LD
O Residencial Jequitibá conta com sistema de drenagem, rede de galerias pluviais, rede de água potável e de esgotamento sanitário, iluminação pública com sistema LED, pavimentação asfáltica e passeio público, arborização, sinalização viária, calçadas com piso tátil e rampas de acessibilidade, entre outros elementos.

Este empreendimento integra o Programa de Lotes Urbanizados e atende famílias com renda de até três salários-mínimos, cadastradas na Cohab-LD e que residem em área de risco localizada no entorno do empreendimento. Para adquirir os lotes, as famílias têm à disposição condições facilitadas de pagamento.

Os lotes estão sendo comercializados com valores entre R$ 25 mil e R$ 30 mil, podendo ser financiados em até 30 anos, com parcelas mensais de R$ 150,00 a R$ 180,00 após o período de carência, que é de 12 meses.
registrado em:
Fim do conteúdo da página