Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Cohab abre edital para financiamento de imóveis do Minha Casa Minha Vida

  • Publicado: Terça, 05 de Dezembro de 2017, 10h30
  • Acessos: 715

 

EDITAL DE CONVOCAÇÃO - PMCMV FAIXA 1,5     

Convocação contempla a aquisição de empreendimentos na faixa 1,5 do programa federal; apartamentos ficam localizados na região norte

A Companhia de Habitação de Londrina (Cohab-LD), em parceria com a Prefeitura de Londrina, abriu nesta terça-feira (5) um edital de convocação para a atualização cadastral e manifestação de interesse em empreendimentos doPrograma Minha Casa Minha Vida, faixa 1,5, com recursos do FGTS. A publicação será feita no Jornal Oficial do Município, nº 3.401, a ser disponibilizado em www.londrina.pr.gov.br. O edital traz todas as informações sobre a convocação e a documentação necessária para participar.

Segundo o presidente da Cohab-LD, Marcelo Cortez, serão disponibilizados imóveis em dois empreendimentos na Gleba Jacutinga, região norte de Londrina, com valor de R$100 mil, totalizando 128 apartamentos. “A oportunidade de financiamento contemplará famílias com renda mensal de até R$2.600,00 com parcelas iniciais de cerca de R$420 reais, dependendo da renda. É uma chance que muitas famílias terão para adquirir um imóvel próprio, garantindo sua moradia e podendo sair do aluguel”, frisou.

Para se enquadrar nos requisitos estabelecidos para o financiamento os interessados precisam necessariamente ter inscrição cadastral na Cohab-LD até a abertura do edital, não possuir restrições nos sistemas de proteção de crédito, possuir renda formal e atender às condições de análise de crédito estabelecidas pela Caixa Econômica Federal. Além disso, os cidadãos devem, preferencialmente, morar no entorno do empreendimento e não ter sido atendido anteriormente pela política habitacional com subsídio pela União, Estados ou Municípios.

A aquisição das unidades ocorrerá por meio de financiamento habitacional, formalizado junto à Caixa Econômica Federal, após análise e aprovação do cadastro pelo agente financeiro, subsidiado pelo programa do Governo Federal. O financiamento utilizará recursos do FGTS, conforme as regras dispostas pelo Ministério das Cidades. A partir da aprovação final de cada empreendimento, as famílias interessadas passarão pela análise da Caixa.

Por fim, Cortez também ressaltou que, por determinação do Ministério das Cidades devido à situação da ocupação do Residencial Flores do Campo, momentaneamente o Município não pode viabilizar recursos pelo Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), que atenderia famílias de grande vulnerabilidade social, uma vez que aquele programa do Governo Federal subsidia até 90% de um imóvel para atender famílias de baixa renda. “É uma situação de grande prejuízo, porém não podemos ficar sem uma política habitacional e essa chamada também ajudará muitas famílias da cidade a conseguir seus imóveis. A Cohab fará a indicação das famílias e a seleção final fica por conta da Caixa Econômica”, completou.



As pessoas inscritas na Cohab, até a data de publicação do edital, deverão comparecer à sede da instituição no prazo de 6 de dezembro a 31 de janeiro de 2018.A documentação obrigatória,constante no edital, deverá ser entregue na íntegra, mediante recebimento de protocolo, em cópia simples, na Seção de Atendimento da Cohab, localizada na Rua Pernambuco, nº 1.002, das 8h30 às 17h30.

 

Outras informações podem ser obtidas com o presidente da COHAB-LD, Marcelo Cortez, pelo telefone 3315-2202

Texto: Renan Oliveira

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página