Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

REALIZADO COM SUCESSO O SORTEIO DE MORADIAS DO RESIDENCIAL “ALEGRO VILLAGIO”

  • Publicado: Quinta, 03 de Agosto de 2017, 14h55
  • Acessos: 655

Contemplados nos sorteios realizados nos dias 31/07, 01 e 02/08:
SORTEADOS   -   LISTA-ESPERA  -  DETERMINAÇÃO-JUDICIAL

A COHAB realizou com absoluto sucesso o seu primeiro sorteio de moradias. Este método, por ser o mais transparente, foi determinado pelo Ministério das Cidades para todas as localidades onde a oferta de residências for menor que a quantidade de pessoas inscritas nos programas habitacionais.

O sorteio dos 144 apartamentos do Residencial Alegro Villagio, localizado na região sul de Londrina, no Conjunto Habitacional Jamile Dequech, se deu em três fases. Nas duas primeiras, ocorridas dias 31 de julho e 1° de agosto na sede da COHAB LD, contemplaram as famílias com portadores de deficiência. Esta fase se destinou a cumprir a cota legal exigida pelo Programa “Minha Casa, Minha Vida” de 5% das moradias, num total de oito apartamentos.

Sorteio 31/07/2017

IMG 20170731 085308662
 
IMG 20170731 085417258
 
IMG 20170731 090618689muitagente 
IMG 20170731 090750858 IMG 20170731 092011856  

A segunda, que aconteceu no dia 1° de agosto, contemplou com 3% das moradias, um total de cinco apartamentos, destinados para pessoas acima de 60 anos, cumprindo determinação do Estatuto do Idoso.

Sorteio 01/08/2017

DSC01814  DSC01849  IMG 20170801 084313889 

O sorteio dos demais apartamentos se deu no dia 2, quando mais de mil e quinhentas pessoas compareceram ao Ginásio do Moringão, para acompanhar o certame.

Das unidades restantes, 72 foram destinadas ao Grupo 1, formado por aqueles  que atendiam entre quatro e seis critérios de vulnerabilidade; 30 apartamentos foram reservados ao Grupo 2, no qual foram incluídas as famílias que preenchiam entre dois e três requisitos, e as últimas 18 unidades foram destinadas aos candidatos que atendiam a apenas um critério. Em cada grupo também foi feito um cadastro de reserva de 20%.

Sorteio 02/08/2017

DSC04675  DSC04681  DSC04682 
 DSC04688  DSC04710  DSC04722
 DSC04739  DSC04745  DSC04751

  
Entre os critérios de seleção estão as pessoas desabrigadas por área de risco ou catástrofe com relatório da Defesa Civil, mulheres chefes de família, famílias onde há pessoas com deficiência, inscritos no  Programa Bolsa Família ou BPC (Benefício da Prestação Continuada), famílias com filhos menores de 18 anos de idade e aquelas que já vivem próximas ao empreendimento.

"O edital ficou aberto durante um mês e as famílias que manifestaram interesse em participar do sorteio poderiam ir até a Cohab, desde que atendessem os requisitos. Dentre as   quase quatro mil famílias que se interessaram, 1.387 obedeciam aos requisitos", explicou o presidente da COHAB, Marcelo Cortez.

Todos eles passaram por uma pré-seleção e os que foram contemplados no sorteio serão encaminhados à Caixa Econômica Federal e a documentação passará por uma última análise antes da assinatura do contrato de financiamento, que deve acontecer entre outubro e novembro, quando o empreendimento for entregue. "A expectativa é que todos eles passem o Natal já na casa nova", disse Cortez.

NOVE BLOCOS
O empreendimento ocupa uma área de 7.500 metros quadrados e contará com nove blocos com quatro andares cada um. Os apartamentos têm 43 metros quadrados de área total e o valor das prestações vai variar de R$ 80 a R$ 250, dependendo da renda familiar, e o condomínio deve ficar entre R$ 150 e R$ 200.

As moradias são destinadas, prioritariamente, às pessoas com renda de até R$ 1,8 mil, que não tenham sido beneficiadas por nenhuma política habitacional e que não tenha casa própria. Hoje, 89% da fila da COHAB é formada por pessoas de baixa renda", disse a chefe da Seção Social da COHAB, Edna Braun. São 67 mil famílias nessa situação.

PROJETOS
Depois que as 1.218 unidades do Residencial Flores do Campo foram ocupadas, o município teve bloqueados os recursos do FAR (Fundo de Arrendamento Residencial). O Residencial Alegro Villagio é o último empreendimento do Minha Casa, Minha Vida em construção em Londrina. A obra foi iniciada em 2009. "Temos feito outros empreendimentos pelo FGTS, mas há uma diferenciação em relação ao outro programa. Pelo “FGTS os beneficiários não podem ter restrição cadastral. São outros os requisitos”, explicou o presidente da COHAB.

Enquanto a Caixa Econômica Federal, responsável pelo residencial ocupado, tenta reaver a posse do empreendimento para que a obra seja concluída e entregue às famílias que têm direito à moradia, Cortez diz que o município tem "usado a criatividade" para captar recursos e fazer novos empreendimentos para atender às famílias de baixa renda.

Segundo Cortez, já há alguns projetos na prefeitura em fase de aprovação na Secretaria Municipal de Obras. Atualmente, há um projeto com 600 unidades habitacionais na zona sul, outro de 48 unidades na zona norte e a COHAB está em fase de implantação de um loteamento da companhia também na zona norte para 400 unidades residenciais. "Tão logo a gente assine com a Caixa, vai poder anunciar os empreendimentos", afirmou.
 
Hiram Medeiros de Hollanda,Jr
Assessor da Presidência Cohab LD
3315-2204

registrado em:
Fim do conteúdo da página